29/04/2017

Leituras do mês: Abril/2017

E aí, pessoal? Mais um mês se passou. E esse mês de abril foi longo, hein? Parece que levou dois meses para acabar. Assim que é bom, mês cheio e mais HQ's vindo para rechear a estante! Sem mais delongas, vamos às breves resenhas!

As Mais Belas Fábulas 5


as mais bela fábulas 5 panini

Eu li essa HQ bem no começo do mês e não me lembro direito da história, só me lembro que eu gostei do desfecho desse spin-off da série Fábulas. Mas eu sou suspeito, adoro tudo relacionado à Fábulas. Leitura recomendada apenas para quem é fã da série e já terminou de ler a série principal.

Nota: 4.0/5.0

As Mais Belas Fábulas - Por Toda a Terra


As mais belas fábulas por toda a terra

O último spin-off com a mais letal agente secreta da cidade das Fábulas, a Cinderella! Remetendo ao início da série principal, temos uma história policial, onde Cindy tenta descobrir quem anda assassinando as mais belas Fábulas!

Esse tipo de trama investigativa cai muito bem à Fábulas, não sei porque. Mais uma leitura que é indicada apenas a quem leu a série principal, pois provavelmente vai ficar boiando sem saber os backgrounds dos personagens.

Nota: 4.5/50


Fullmetal Alchemist #1


Fullmetal alchemist 1 JBC

Quando eu era mais jovem (o velho falando) eu adorava o animê de Fullmetal Alchemist. Resolvi conferir o #1 do mangá.

Eu gostei, o primeiro volume é muito fiel ao primeiro episódio do animê (na verdade, ao contrário, a animação é fiel ao mangá), mas não curti tanto quanto curtia antigamente. Achei um pouquinho bobo.

Tem coisas que são melhores ficarem apenas na memória mesmo. Mas, mesmo assim, estou ansioso para ver o filme que será lançado no fim do ano!


Nota: 4.0/5.0 pela nostalgia! O trailer recebe nota 10! hehehehe

Maus

Maus HQ
Obrigatório!

Caras, que clássico! Que baita história de vida. Chega a ser inacreditável certas partes da vida de Vladek Spielgman e o que ele sofreu durante a segunda guerra mundial e o holocausto.

Eu achei que essa HQ seria muito pesada e deprimente, mas o jeito como Art Spielgman, o filho de Vladek, escolheu para contar a história da vida de seu pai e da sua família foi excelente, alteranando entre o passado e o presente, dando um ar tão leve quanto o possível para essa HQ.

Certamente essa HQ, junto à Persépolis, está entre os melhores quadrinhos que eu já li. Eu não gosto de falar isso, mas essa HQ é leitura obrigatória para os fãs da nona arte e para qualquer um sedento por uma boa história.

Nota: 5.0/5.0

Homem-Aranha/Deadpool #2

Homem-Aranha e Deadpool 2 Panini

No mês passado eu disse que não compraria mais essa HQ após o número #1. Pois bem, eu estava na banca, não tinha chegado Slam Dunk #4 e nem nada do Rebirth da DC. Pra não dar viagem perdida, resolvi comprar o volume 2 desse título...

Logo depois que acabei de pagar pela HQ eu senti aquela sensação de "putz, fiz merda"... mas, depois de lê-la, acabei vendo que fiz a coisa certa dando uma segunda chance a ela! A história fica mais interessante e Deadpool fica um pouco menos irritante nesse volume. Ao meu ver, uma das coisas que estraga o personagem é a obrigatoriedade dele ter que fazer piadas a todo o momento.

Até a segunda história desse quadrinhos, Os Mercenários Pagos do Deadpool, melhorou sensivelmente, ficando mais engraçada e até melhor do que a história principal envolvendo o Homem-Aranha.

Falando nisso, como que agora tem dois Homem-Aranha no mesmo universo? O Miles não era do Universo Ultimate? Eu não consigo acompanhar essas cronologias loucas da Marvel e DC...

Nota: 4.0/5.0


Homem-Animal: Carne e Sangue


Homem-Animal Carne e Sangue

Caras, pelo visto a única fase que prestou do Homem-Animal foi mesmo a do Grant Morrison. A fase atual do Jaime Delano é melhor do que a fase anterior do Rick Veitch, que é péssima, mas ainda assim é fraca.

A história mostra Buddy Baker em um ciclo de renascimento após os estranhos acontecimentos em sua vida, bem como o que está acontecendo com o seu filho em companhia de seu tio psicopata e cruel. A história é até interessante, mas não empolga.

Essa era a última chance que eu dia dar a esse título, agora chega de Homem-Animal.

3.0/5.0

Thor 2 e 3

Thor 3 Jason Aaron Panini

Sei lá porque saíram dois volumes da nova Thor no mesmo mês. Estou gostando da trama e principalmente da arte do Russel Dauterman. Cada página é uma pintura.

A história segue bem clichê, nada de novo para quem já leu Thor antes, mas é um clichê bem feito. O que começa a me preocupar é que, no final do volume 3, o Loki volta a ser o personagem mentiroso e traidor de sempre (uma pena, porque estava interessante vê-lo tentando se redimir) e também porque os personagens já começam a falar de "uma outra guerra muito maior que está por vir", e isso é muito clichê, já vimos esse papo de "uma grande guerra definitiva que vai mudar tudo" umas 975 vezes em quadrinhos, filmes e séries.

Vamos ver o que vem pela frente.

4.0/5.0

O Velho Logan



Fiz uma "run" pelas edições do Velho Logan. Não gostei porque metade da revista é desperdiçada com as histórias ruins da X-23 e também porque nunca acompanhei muito as histórias do Wolverine, então não conheço o background do personagem fora dos X-men.

Só sei que em determinado momento ele foge de tudo (clichê do personagem) a fim de tentar proteger uma pessoa que lhe é querida. Depois de um tempo, velhos inimigos começam a perseguir Wolverine, machucando aqueles que ele jurou proteger (clichê) e ele se da conta que eles estariam melhores se ele tivesse ficando longe (terceiro clichê, posso pedir música?).

Uma pena, o arco começa bem, mas vai ficando cada vez pior. As melhores partes são os flashbacks de seu futuro distópico.

Ah, eu mencionei que em determinado momento aparece um cara que tem esteiras de tanque no lugar das pernas e atira balas de tanque pela barriga? É por personagens toscos assim que às HQ's até hoje são vistas como coisa de criança. Me deu muito vergonha alheia.

Nota: 1.5/5.0

Dr Estranho 1


Doutor Estranho 1 Panini

Li o volume 1 e achei bem chato. Quer dizer, o Stephen Strange está bem piadista e tal mas... não funcionou. Mais um clichê de uma "grande ameaça que está vindo aí e vai mudar tudo" e bla, bla, bla. Quem está com a leitura em dia diz que a série está muito boa, mas não estou disposto a gastar dinheiro para conferir.

Nota: 2.0/5.0

Repeteco


repeteco livro hq
HQ do mesmo autor de Scott Pilgrim. Ela me lembrou muito o filme "Feitiço de tempo", mas com alguns elementos sobrenaturais envolvidos. Mostra bem a neura de quem está na casa dos 30 anos e ainda se sente um tanto perdido na vida. Me identifiquei com a personagem principal.

Mas, ao mesmo tempo, é um pouco bobo, por causa dos elementos sobrenaturais envolvidos, deixando a trama que era bem pé-no-chão, fantasiosa demais.

A HQ diverte, mas acho que o custo-benefício não compensa, já que você dificilmente você vai conseguir comprá-la por menos de R$50. Da pra ler coisa melhor com esse dinheiro.

Nota: 3.5/5.0

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Curto muito Fábulas, leio desde que a Pixel relançou a série aqui no BR.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...